Palácio dos Biscainhos - Braga, Portugal
Posted by: Groundspeak Premium Member razalas
N 41° 33.072 W 008° 25.762
29T E 547589 N 4600105
Quick Description: The Biscainhos Palace is a manor in Braga, Portugal.
Location: Braga, Portugal
Date Posted: 12/30/2011 3:55:14 PM
Waymark Code: WMDDP8
Published By: Groundspeak Regular Member coisos
Views: 1

Long Description:
[PT]
"Edificada no século XVII, e ampliada na centúria seguinte, a Casa dos Biscaínhos manteve-se na posse da mesma família até 1963, ano em que foi vendida a um organismo público, que aí instalou o Museu, inaugurado a 11 de Fevereiro de 1978. A estrutura museológica tira partido das possibilidades do imóvel, permitindo, assim, a divulgação do quotidiano nobre do Norte do país, no período barroco. Expõem-se, essencialmente, artes decorativas, numa contextualização directa, "proporcionada pela organicidade original e a riqueza ornamental do Solar, criando uma sequência de Espaços sugestivos da habitabilidade de outrora: o Salão Nobre, o Gabinete-Biblioteca, as Salas do Estrado, do Oratório, de Música e de Jogo, a de Jantar, a Cavalariça, a Cozinha e os Jardins" (Museu dos Biscaínhos, RPM).
De acordo com os estudos de Luís Costa, a edificação da Casa dos Biscaínhos ocorreu entre 1619 e 1685, e era destinada a casa de habitação do Dr. Constantino Ribeiro do Lago, "sobrinho do Beato Miguel de Carvalho, jesuíta mártir no Japão, e que está retratado na pintura do tecto do Salão Nobre" (COSTA, 1998, p. 24). Constantino Ribeiro foi uma das personalidades mais ilustres de Braga, tendo contraído matrimónio em 1665, já nesta casa, com Maria da Silva e Sousa (STOOP, 2000, p. 41). As obras foram terminadas pelo seu filho, em 1699, tendo este imposto as suas armas na fachada nordeste. Seria, contudo, Francisco Pereira da Silva, Deão da Sé de Braga, o impulsionador da grande reforma do edifício, contratando, para tal, em 1712, o arquitecto pedreiro Manuel Fernandes da Silva, responsável por tantas obras de grande envergadura na cidade (ROCHA, 1996, p. 168). Remontam a este período boa parte das campanhas decorativas que ainda hoje caracterizam os interiores deste solar, ainda que outros espaços, como os do ala sudoeste, denunciem um intimismo e um gosto já neoclássico. Na verdade, este edifício reflecte as várias intervenções arquitectónicas e decorativas de que foi objecto ao longo dos tempos.
O plano concebido por Manuel Fernandes da Silva, e do qual foi executado um modelo em papelão (IDEM), interferiu nos edifícios pré-existentes, criando um solar formado por dois corpos unidos em ângulo recto, com duas entradas nobres. O portal de entrada permitia o acesso das antigas carruagens, e um dos átrios exibe escultóricas figuras de convite (lacaios, alabardeiros e guerreiros), a receber os visitantes.
As duas fachadas são abertas por um conjunto bem ritmado de janelas e portas no piso térreo e janelas de sacada no andar nobre, cujas bases formam um imponente friso. Na ala mais longa, sobrepõem-se-lhe, ainda, um conjunto de janelas de recorte em sino, que deverão corresponder a um novo piso, posterior à obra de Manuel Fernandes da Silva (IDEM, p. 171). No interior, ganha especial importância o Salão Nobre, com o tecto pintado pelo pintor portuense Manuel Furtado de Mendonça, em 1724, ilustrando o martírio do tio do instituidor do vínculo dos Biscaínhos (OLIVEIRA, 1999, p. 183), e um rodapé de azulejos de temática campestre, atribuído ao mestre PMP (SIMÕES, 1979, p. 97). Na Sala de Jantar, o gosto é já neoclássico, bem visível na preferência pela decoração em estuque, com pinturas de tons claros, ou nos azulejos de linguagem idêntica.
Os jardins do Solar, com muitos traços e elementos que recordam a linguagem de Manuel Fernandes da Silva (ROCHA, 1996, p. 171), articulam-se com a casa por meio de um eixo formado pelo portal principal, corredor e jardim, "onde um agradável chafariz serve de ponto de fuga" (IDEM). Desenvolvidos em declives, constituem uma espécie de prolongamento da casa. O primeiro é preenchido por bancos e lagos, constituindo um jardim-espectáculo, enquanto o segundo nível é, claramente, um espaço barroco, muito bem definido com os seus buxos, tanques, esculturas, canteiros de flores, e ainda pelas casas de fresco, remontando a sua construção à segunda metade do século XVIII."

Fonte: (visit link)

"The Museum of Biscaínhos is located in a beautiful residential Palace of a form noble family, who built it in the 17th century.

This wonderful example of civil Barroque architecture style demonstrates what Baroque society was like in a noble residence with the original state of the various buildings preserved. In the house, there is an exhibition of 17th and 18th century art mostly built up from private donations of Baroque furniture and ceramics, Chinese porcelain, European glasswork, silverware, textiles in addition to Portuguese and European paintings. The gardens, inspired by 18th century French fashions, are some of the best preserved and most complete examples of the Baroque period."

From: (visit link)
Designação (Name): Casa dos Biscaínhos

Categoria de protecção (Classification): IIP - Imóvel de Interesse Público

Categoria/Tipologia (Type of heritage): Arquitectura Civil / Casa

Concelho (City): Braga

Página do Património na base de dados do IGESPAR (Page of the Heritage at the IGESPAR database): [Web Link]

Wikipedia: [Web Link]

Visit Instructions:
[PT]
- Por favor forneça pelo menos uma foto tirada durante a sua visita.
- Por favor escreva um pouco sobre a sua visita. Diga o que achou. Gostou?

[ENG]
- Please provide at least a photo you have taken during your visit.
- And please write a little about your visit. Tell us what you thought, did you liked it?

Search for...
Geocaching.com Google Map
Google Maps
MapQuest
Bing Maps
Nearest Waymarks
Nearest Património Português (Portuguese Heritage)
Nearest Geocaches
Nearest Benchmarks
Create a scavenger hunt using this waymark as the center point
Recent Visits/Logs:
There are no logs for this waymark yet.