By using this site, you agree to its use of cookies as provided in our policy.

Meia-Praia, Lagos, Portugal
Posted by: Groundspeak Premium Member Torgut
N 37° 06.537 W 008° 39.414
29S E 530484 N 4107013
Quick Description: Os Indíos da Meia-Praia, a song from Zeca Afonso.
Location: Faro, Portugal
Date Posted: 12/16/2011 12:46:58 PM
Waymark Code: WMDAWA
Published By: Groundspeak Premium Member Team Farkle 7
Views: 9

Long Description:
After the left-wing revolution of 1974 the social fabric of Portugal was shaken and changed. Zeca Afonso, himself a left-winger, song about equality and, social and political issues, and most of the lyrics were good, telling tales and stories. Some were inspired in his own experiences of life, situations he witnessed, places he visited.

Indios da Meia-Praia tells the story of a group of people who moved from another part of the south of Portugal, establishing a community near this beach.

There is a cache about this situation, highly recommended, specially due to its great listing, which provides lots of details: (visit link)
Musician: Zeca Afonso

Name of Song: Indíos da Meia-Praia

Relevant Verse:
Aldeia da Meia Praia Ali mesmo ao pé de Lagos Vou fazer-te uma cantiga Da melhor que sei e faço De Montegordo vieram Alguns por seu próprio pé Um chegou de bicicleta Outro foi de marcha à ré Quando os teus olhos tropeçam No voo de uma gaivota Em vez de peixe vê peças de oiro Caindo na lota Quem aqui vier morar Não traga mesa nem cama Com sete palmos de terra Se constrói uma cabana Tu trabalhas todo o ano Na lota deixam-te nudo Chupam-te até ao tutano Levam-te o couro cabeludo Quem dera que a gente tenha De Agostinho a valentia Para alimentar a sanha De enganar a burguesia Adeus disse a Montegordo Nada o prende ao mal passado Mas nada o prende ao presente Se só ele é o enganado Oito mil horas contadas Laboraram a preceito Até que veio o primeiro Documento autenticado Eram mulheres e crianças Cada um com o seu tijolo Isto aqui era uma orquestra quem diz o contrário é tolo E se a má língua não cessa Eu daqui vivo não saia Pois nada apaga a nobreza Dos índios da Meia-Praia Foi sempre tua figura Tubarão de mil aparas Deixas tudo à dependura Quando na presa reparas Das eleições acabadas Do resultado previsto Saiu o que tendes visto Muitas obras embargadas Mas não por vontade própria Porque a luta continua Pois é dele a sua história E o povo saiu à rua Mandadores de alta finança Fazem tudo andar para trás Dizem que o mundo só anda Tendo à frente um capataz Eram mulheres e crianças Cada um com o seu tijolo Isto aqui era uma orquestra Que diz o contrário é tolo E toca de papelada No vaivém dos ministérios Mas hão-de fugir aos berros Inda a banda vai na estrada


Location website: Not listed

Visit Instructions:
There are no specific requirements for logging a waymark. You are, however, encouraged to include any funny or interesting pictures of your visit.
Search for...
Geocaching.com Google Map
Google Maps
MapQuest
Bing Maps
Trails.com Maps
Nearest Waymarks
Nearest Immortalized in Lyrics
Nearest Geocaches
Nearest Benchmarks
Nearest Hotels
Create a scavenger hunt using this waymark as the center point
Recent Visits/Logs:
Date Logged Log User Rating  
bmps2003 visited Meia-Praia, Lagos, Portugal 9/10/2010 bmps2003 visited it